A organização familiar humanizada e o seu desenvolvimento.

04/02/2018

A organização familiar humanizada e o seu desenvolvimento.

Contamos com a amplitude da autonomia na relação de trabalho. Progressivamente o foco e os investimentos nos recursos e nos processos recebem maior automatização e também, pouco a pouco,  respeitando a disrupção consciente, o foco e os investimentos nas pessoas têm uma ênfase nas dimensões do que é sensível, como por exemplo, o clima, a motivação, a comunicação e a liderança nas organizações familiares humanizadas.

Tenho percebido escolhas em direção a caminhos para esta amplitude e que estão presentes com maior ou menor intensidade nas organizações familiares que escolhem o olhar no ser humano. Acredito que esses novos caminhos poderão alcançar selos e normas que sistematizarão as modernas relações entre essas organizações e os seres humanos, contribuindo ao continuum daquelas que já nasceram humanizadas e apoiando a transição daquelas que adotam o seguimento nesta jornada.

O primeiro caminho leva à identidade humana da organização. Ele demanda coragem à entidade de colocar-se ao lado da pessoa no seu presente momento, por meio da comunicação transparente e verdadeira, posicionando os esforços envolvidos em direção ao bem-estar sensível às relações humanas, internas e externas, da cadeia de valor considerada.

O segundo vai ao encontro da interdependência dos envolvidos no conviver organizacional. A possibilidade de reconhecê-la viabiliza o experimentar da criatividade e da tolerância, expressando a plenitude do cocriar em contrapartida com a desconstrução do trio vítima-vilão-herói.

O terceiro promove a visualização do futuro. Por intermédio dele, cada pessoa tem a sua própria verdade respeitada, expondo-a sem a imposição do outro, não recebendo julgamentos e sentindo o real sentido da autenticidade. Com a impossibilidade visualização do futuro, percebo, como consequência, que o colaborador irá:

– fingir ser outra pessoa para agradar aos outros, com o intuito de obter reconhecimento e aprovação;

– renunciar a si mesmo por timidez ou vergonha;

– fugir das próprias fraquezas e ameaças internas ou externas que necessitam ser percebidas.

Por fim, o quarto caminho que visa à perda responsável de crenças e valores que foram construídos e eram necessários na ultrapassada cultura organizacional, ao mesmo tempo em que abre espaços de aprendizagem que gradualmente, manterão o arcabouço constituído pela clareza, pela objetividade e pelo discernimento da originalidade da organização. Da mesma forma, criam-se possibilidades para a redução responsável das certezas que a conserva viva no presente momento, ampliando o olhar para o novo de forma paulatina com a devida administração dos conflitos e das confusões.

Os quatro caminhos viabilizam que a organização familiar humanizada perceba-se senciente, isto é, sensível ao constante desenvolvimento das dimensões da pessoa e das relações que ela constrói e aperfeiçoa com aqueles com os quais colabora internamente, externamente e com aqueles que estão presentes no meio social. Essas relações contam com a intenção, vontade e coragem aprimorados nos espaços de aprendizagem já considerados em meu artigo anterior, O Becoming Human e o desenvolvimento da liderança familiar na organização.

A organização familiar é responsável pela manifestação e divulgação dos resultados benéficos e vivenciados durante a amplitude da autonomia na relação de trabalho. Cada ato colaborativo poderá florescer os caminhos anteriormente mencionados como uma escolha pessoal, mas é papel da liderança transmitir “o que” e “o como” cada momento humanizado é acolhido e aceito; trazendo a ideia de um círculo de compromisso.

(Leandro Alves da Silva, 2018)

Leandro Alves da Silva é Learning & Development Business Partner em capacitação humana organizacional e Investigador de conflitos nas empresas familiares. Quer entrar em contato com o Leandro? Clique aqui.

Curadoria de Conteúdo: Ana Paula P. Candeloro

Tags: , , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O Yiesia acredita no poder da transformação por meio do conhecimento que leva ao exercício da liderança.

+55 (11) 5571-0559

+55 (11) 3078-4285

yiesia@yiesia.com.br

    Assessoria de Imprensa

+55 (11) 3676-1637

+55 (11) 3586-8539

daniela@evcom.com.br

Produtos e
Serviços