Compliance 3.0 – muito além de cumprir as regras.

13/11/2017

Compliance 3.0 – muito além de cumprir as regras.

A partir desse artigo inaugural abordaremos diversos aspectos relativos ao Compliance 3.0 em publicações mensais, mas para que lá na frente possamos entender todo o contexto, é importante começarmos apresentando uma questão básica sobre este tema… afinal, o que é Compliance 3.0?

Sempre ouvi que Compliance vem do verbo em inglês to comply, que em português significaria estar em conformidade e, em algumas ocasiões, essa definição amplia o seu sentido para “estar em conformidade com as regras e leis, com todo o arcabouço regulatório” ou, em outras palavras, cumprir os regramentos.

Mas enfim, é isso que se espera de Compliance? Ser um departamento que auxilia as demais áreas da instituição a acatarem as regras? Apenas isso? Deseja-se que Compliance seja um “tirador de pedidos” que executa atividades mecanicamente, apenas buscando o que é requerido pelos reguladores e entregando aos responsáveis na instituição e exigindo que se faça cumprir tais regramentos?

Eu tenho a convicção de que não. Compliance não deve ser posicionado como responsável por observar as normas. Isso parece contraditório e até estranho com o que sempre se ouve falar de Compliance; portanto, é fundamental que eu explique melhor essa ideia para que não fique parecendo que sou favorável a não seguir as regras. Pelo contrário, devemos sim obedecê-las, mas isso como consequência de um programa maior de governança corporativa, em outro patamar de maturidade e, claro, com um escopo muitíssimo mais amplo.

Mesmo quando falamos de um programa adequado ao porte e ao perfil da instituição e da gestão baseada em riscos, ainda assim contemplaremos um Compliance atual e moderno e que certamente estará à frente daqueles baseados em dicas de Compliance, checklists e formulários de declaração de aderência (que são aqueles implantados com o intuito de posteriormente serem mostrados às autoridades e servirem de justificativa de que algo havia sido feito), mas com certeza não contemplará a inovação, a visão para o futuro, características fundamentais do Compliance 3.0.

É nesse momento que entra o conceito de Compliance 3.0. Inovar! Ir além! Olhar para frente e enxergar o que os demais ainda não estão vendo. Fugir de fórmulas prontas apanhadas em orientações de como elaborar seu programa que são amplamente publicadas atualmente, o que parece ter sido aumentado consideravelmente após o advento da Lei Anticorrupção.

O Compliance 3.0 estabelece critérios para buscar e para mitigar o que está por vir, apontar riscos que ainda não se materializaram, não catalogados ou experimentados. Esses riscos são também conhecidos como os “Cisnes Negros”, em referência à obra de Nassim Nicholas Taleb, O Impacto do Altamente Improvável – Gerenciando o desconhecido.

Primordial é ser capaz de vislumbrar e inserir elementos ainda não percebidos pelos demais, de forma a forçá-los à reflexão e a possibilidades e mudanças ainda não experimentadas. Uma técnica que pode ser eficaz nesse campo é a Do Advogado do Diabo que consiste em introduzir uma das pessoas do grupo como sendo responsável por sempre divergir das demais, papel fundamental para evitar a miopia, a unanimidade do grupo e as armadilhas ilusórias do consenso. Essa tática auxilia substancialmente a impedir a ilusão de que tudo está sob controle.

Assim, Compliance 3.0 é para aqueles profissionais e instituições que pensam em um programa de governança baseado em suas crenças, em fazer a coisa certa e de uma melhor forma. Perseguem a inovação, a longevidade, a vantagem competitiva, desta forma, agregam verdadeiro valor. Conjuntamente como uma consequência talvez sequer percebida, estarão também seguindo as regras.

(Angelo Calori, 2017)

Angelo Calori é executivo de Compliance com experiência em Governança Corporativa e Gestão de Riscos. Quer entrar em contato com o Angelo? Clique aqui.

Curadoria de Conteúdo: Ana Paula P. Candeloro

Tags: , , , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O Yiesia acredita no poder da transformação por meio do conhecimento que leva ao exercício da liderança.

+55 (11) 5571-0559

+55 (11) 3078-4285

yiesia@yiesia.com.br

    Assessoria de Imprensa

+55 (11) 3676-1637

+55 (11) 3586-8539

daniela@evcom.com.br

Produtos e
Serviços